quinta-feira, 28 de julho de 2011

Anos 50: Anos Dourados

Aloha!

Nada de guerras! No lugar delas, descobertas científicas e mudanças comportamentais. Televisão, Sputnik, Cinema. Um famoso dito popular diz "depois da tempestade vem a bonança" e os anos 50 provaram sua eficiência!


  • TELEVISÃO
 Inaugurada em 18 de setembro de 1950, na capital São Paulo, através da TV Tupi canal 3, a televisão teve seus primeiros anos marcados pela fase de aprendizagem, tanto técnica quanto artisticamente. Os recursos eram primários. Usavam-se equipamentos mínimos suficientes para manter a estação no ar e a maior parte dos profissionais trabalhava de acordo com os conhecimentos que haviam adquirido no rádio, cinema ou teatro. Mesmo nessas condições, o veículo foi se impondo e se expandindo. Em 1953, já existiam mais quatro emissoras, duas no Rio de Janeiro (RJ) e duas outras em São Paulo (SP). Embora longe de ter encontrado uma linguagem televisiva, São Paulo, nesta ocasião, era considerado o melhor centro produtor.
Com poucas horas diárias de permanência no ar (em geral, das 18 às 22h), a programação era bastante diferenciada. Veiculava-se dramaturgia, musical, humorismo, jornalismo, programas infantis, esportes e variedades.
              http://www.centrocultural.sp.gov.br/tvano50/dec50

Tv Tupi

  • RÁDIO
 Sexta-feira, 8 horas e 35 minutos de um dia qualquer dos anos 50, os rádios sintonizados na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, as famílias reunidas em silêncio aguardavam que a voz do locutor Wilton Franco invadisse os seus lares anunciando que "ergue-se em qualquer parte da cidade maravilhosa o Edifício Balança, Balança, Balança..." e o primo pobre Brandão Filho arrematava "...mas não cai".

Na era do rádio, "happy hour" não era uma reunião nas noites de sexta-feira num barzinho qualquer, para se tomar cerveja. Depois do trabalho, todos se apressavam para chegar logo em casa, tomar seu banho com calma, jantar, esperar o encerramento da Voz do Brasil, para só então ligar o rádio, ouvir a novela das 8 e se deliciar enfim com o humor brejeiro e ingênuo das piadas de Max Nunes e Paulo Gracindo.
(...)
Os estúdios da Rádio Nacional se tornaram um mundo à parte, ao longo daqueles já longinqüos anos 50, por criarem imagens nas mentes dos ouvintes que não há como reproduzir nos dias de hoje, pois cada qual viajava em mundos imaginários pessoais, que só têm registros na memória daqueles que viveram na era do rádio.
             http://marraioferidosourei.blogspot.com/2008/07/o-happy-hour-dos-anos-50.html

Max Nunes e Paulo Gracindo - Primo rico e primo pobre

  •  FUTEBOL
Desde de 1938 não se realizavam Copas do Mundo de Futebol, por conta da instabilidade política, que viria a culminar na  2ª Guerra Mundial.

Começa guerra, termina guerra...

Ainda assim, não era a hora certa: Não tinha como (os países estavam ocupados demais se reenguendo), nem onde (como disse, seria necessário começar do zero - construir estádios, aeroportos, reformar cidades inteiras!) e nem porquê (imaginem uma final entre Alemanha e Inglaterra ou EUA e Japão - ia dar merda...)

Eis que, ávido por uma peladinha internacional, em 1946, o Brasil (quem mais seria...) envia um aproposta à FIFA para sediar o evento.

Os jogos ocorreram em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, BH, Recife e Rio de Janeiro. O Brasil pertencia ao Grupo 1, que incluia também México, Suíça e Iugoslávia.

A final foi realizada dia 16 de Julho. Maracanã lotado. Precisávamos de um empate para levar o caneco. Primeiro tempo termina em 0 x 0.

Angústia, anciedade, nervosismo!

Aos dois minutos do segundo tempo, Friaça abre o placar. Pouco depois, o Uruguai empata. Tudo bem, mesmo com empate a taça é nossa. Até que faltando 11 minutos pro apito final, o Uruguai vira. E leva.

Esse vice foi nosso primeiro título mundial. Começamos bem, vai...

Mesmo assim, fizemos história com umas das maiores goleadas da história do mundial: 7 x 1 e cima da Suécia.

Seleção de 50 


  • CINEMA
Achei uma listinha assaz interessnate
A Liga dos Blogs Cinematográficos elegeu os 50 melhores filmes da década.
É só assistir e tirar suas próprias conclusões


1 Onde Começa o Inferno (59), de Howard Hawks
2 Cantando na Chuva (52), de Gene Kelly & Stanley Donen
3 O Incrível Homem que Encolheu (57), de Jack Arnold
4 Intriga Internacional (59), de Alfred Hitchcock
5 Morangos Silvestres (57), de Ingmar Bergman
6 Janela Indiscreta (54), de Alfred Hitchcock
7 Os Incompreendidos (59), de François Truffaut
8 Os Esquecidos (50), de Luis Buñuel
9 Rastros de Ódio (56), de John Ford
10 Crepúsculo dos Deuses (50), de Billy Wilder

Onde Começa o Inferno


11 Um Corpo que Cai (58), de Alfred Hitchcock
12 Meu Tio (58), de Jacques Tati
13 Rashomon (50), de Akira Kurosawa
14 A Marca da Maldade (58), de Orson Welles
15 Flor do Equinócio (58), de Yasujiro Ozu
16 Vidas Amargas (54), de Elia Kazan
17 No Silêncio da Noite (50), de Nicholas Ray
18 A Montanha dos Sete Abutres (51), de Billy Wilder
19 Contos da Lua Vaga Depois da Chuva (53), de Kenji Mizoguchi
20 O Batedor de Carteiras (59), de Robert Bresson

Flor do Equinócio


21 O Segredo das Jóias (50), de John Huston
22 O Mensageiro do Diabo (55), de Charles Laughton
23 Juventude Transviada (55), de Nicholas Ray
24 Vampiros de Almas (56), de Don Siegel
25 O Sétimo Selo (57), de Ingmar Bergman
26 Pacto Sinistro (51), de Alfred Hitchcock
27 Othello (52), de Orson Welles
28 Hiroshima, Meu Amor (59), de Alain Resnais
29 Doze Homens e uma Sentença (57), de Sidney Lumet
30 O Abismo de um Sonho (52), de Federico Fellini

O Segredo das Jóias


31 Depois do Vendaval (52), de John Ford
32 Era uma Vez em Tóquio (53), de Yasujiro Ozu
33 Sindicato de Ladrões (54), de Elia Kazan
34 As Férias do Sr. Hulot (53), de Jacques Tati
35 O Salário do Medo (55), de Henri-Georges Clouzot
36 Sinfonia de Paris (51), de Vincente Minnelli
37 Noites de Cabíria (57), de Federico Fellini
38 Glória Feita de Sangue (57), de Stanley Kubrick
39 Quanto Mais Quente Melhor (59), de Billy Wilder
40 A Palavra (55), de Carl Theodore Dreyer

Noites de Cabíria


41 O Homem Errado (57), de Alfred Hitchcock
42 Os Sete Samurais (54), de Akira Kurosawa
43 Os Corruptos (53), de Fritz Lang
44 A Roda da Fortuna (53), de Vincente Minnelli
45 Sedução da Carne (54), de Luchino Visconti
46 Vida de Casado (51), de Mikio Naruse
47 Uma Rua Chamada Pecado (51), de Elia Kazan
48 Bancando a Ama Seca (58), de Frank Tashlin
49 Quinteto da Morte (55), de Alexander Mackendrick
50 O Dia em que a Terra Parou (51), de Robert Wise

Sedução da Carne


Quer mais listas?
O "Filmes do Chico" tá recheado delas:
http://www.interney.net/blogs/filmesdochico/2007/08/23/ranking_anos_50/


  • COMPORTAMENTO
O New Look, de Christian Dior, lançado três anos antes, já havia caído no gosto das cinquentinhas: tornozelos à mostra, cintos, saltos altos, peles e jóias. A mulher passava a primar pela sofisticação.

A palavra de ordem era maquiar:
 A maquiagem estava na moda e valorizava o olhar, o que levou a uma infinidade de lançamentos de produtos para os olhos, um verdadeiro arsenal composto por sombras, rímel, lápis para os olhos e sobrancelhas, além do indispensável delineador. A maquiagem realçava a intensidade dos lábios e a palidez da pele, que devia ser perfeita. Claúdia Gracia almanaque.folha.uol.com.br
 Aos cabelos, mais curtos, era dada maior atenção: tinturas e fixadores estavam am alta.

Musas: 

Brigitte Bardot
 
Grace Kelly
Marilyn Monroe



Os homens faziam mais o estilo Marlon Brando, quando lançou a moda das camisetas brancas com o filme Um Bonde Chamado Desejo.

Marlon Brando

  • MÚSICA

Do ponto de vista musical, o rock'n'roll surgiu da fusão da música country (inspirada nas  baladas da população branca e pobre do kentucky e de outras regiões rurais do centro dos EUA, de estilo épico e narrativo) e do R&B - rhythm and blues (fusão dos primitivos cantos de trabalhadores negros e do jazz instrumental urbano).

Inicialmente de música muito simples, era um estilo de forte ritmo dançante.

Entre os primeiros cantores e compositores, quase todos negros, destacam-se Chuck Berry, Little Richards e Bill Harley, que gravou a pioneira Rock Around the Clock.

As letras das canções da época referiam-se, de forma inculta e irreverente, a temas comuns ao universo jovem , como amor, sexo, crises da adolescência  e automóveis. Muitas usavam sílabas soltas, como em be-bop-a-lula, do Elvis.

O pontapé inicial do rock no Brasil foi dado por Nora Ney, quando gravou o considerado primeiro rock "Rock Around The Clock", de Bill Harley & Seus Cometas, em outrubro de 1955 para a versão brasileira do filme Sementes da Violência. Em uma semana, a canção estava no topo das paradas. 
Em 1957, Cauby Peixoto gravou o primeiro rock original em português, Rock And Roll em Copacabana.
Celly Campelo estourou em 1959 com Estúpido Cupido e foi considerada a primeira ídola do rock nacional, chegando a ter sua boneca própria: Celly Campelo, a boneca que canta. Os artistas da MPB declararam guerra ao "iê-iê-iê" da joven guarda (que tinham seu som inspirado nos Beatles) com o protesto conhecido como Passeata Contra Guitarras Elétricas.
             http://dralic.blogspot.com/2011_03_01_archive.html  



         postagem de estréia do GD (vale a pena relembrar...)

  • Cronologia
almanaque.folha.uol.com.br

     1950
Em 29 de março, a RCA (Radio Corporation of America) lança um tubo de televisão colorido totalmente eletrônico

A primeira emissora de TV do Brasil, a TV Tupi, inicia suas transmissões no dia 19 de setembro. Assis Chateaubriand, proprietário da cadeia de emissoras de rádio e jornais "Diários Associados", foi quem trouxe esse novo veículo ao Brasil, quarto país do mundo a tê-lo

Getúlio Vargas, candidato do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) é eleito para a presidência da República com quase 50% dos votos, no dia 3 de outubro

No dia 10 de dezembro, o escritor norte-americano William Faulkner recebe o Prêmio Nobel de literatura por sua obra. Entre elas, destacam-se "O Som e a Fúria"(1929) e "Absalão, Absalão!"(1936)

Nesse ano, acontece o primeiro congresso sobre sociologia em Zurique e o artista norte-americano Jackson Pollock pinta "Autumn Rhythm" com as técnicas do expressionismo abstrato
Autumn Rhythm: No ritmo do outono

     
      1951      
     
Em 30 de março, Julius e Ethel Rosenberg são declarados culpados de espionagem durante a guerra. Os dois nova-iorquinos foram acusados de ter roubado e entregue à então União Soviética segredos sobre a bomba atômica dos Estados Unidos

No dia 23 de junho, é publicado no jornal "The New York Times", um estudo que revela que a televisão está mudando a maneira como a sociedade norte-americana encara o lazer, a política, a leitura e se expressa culturalmente

No Brasil, o Congresso Nacional aprova, no dia 17 de julho, a lei que considera crime qualquer ato de racismo e pode punir com prisão os infratores

no dia 20 de outubro, mais de cinco mil pessoas presenciam a abertura da primeira Bienal de Artes de São Paulo, num pavilhão no parque Trianon

O livro "Apanhador no Campo de Centeio", primeiro romance do norte-americano J.D. Salinger, é o grande sucesso do ano entre os adolescentes dos EUA

Nesse ano, Marlon Brando se torna um astro graças ao filme "Um Bonde Chamado Desejo". A partir daí, a camiseta branca usada pelo ator se torna popular entre os jovens
Apanhador no Campo de Centeio

     
      1952      
     
Gene Kelly dança a canção-título do filme "Cantando na Chuva"

Em 8 de março, um coração artificial é utilizado pela primeira vez em um ser humano, no Hospital Pennsylvania, da Filadélfia, nos EUA

No dia 5 de novembro, Dwight Eisenhower é eleito presidente dos EUA pelo Partido Republicano

A Comissão de Energia Atômica dos EUA anuncia, no dia 16 de novembro, que a bomba H está pronta para ser usada
Repararam? É aquele presidente que o Chris não conhece! rsrs
Cena de "Os Homens Preferem as Louras"

     
      1953      
     
A 20th Century Fox Film Corporation comunica, no dia 1º de fevereiro, que vai converter todo seu sistema de filmagem para o de tela ampliada, chamado cinemascope

Em 28 de julho, um armistício suspende a guerra da Coréia, após 3 anos

Vargas sanciona lei de monopólio do petróleo brasileiro, criando a Petrobras, no dia 3 de outubro

Nesse ano, Marilyn Monroe se torna uma diva do cinema com o filme "Os Homens Preferem as Louras"

O filme "A Um Passo da Eternidade", com Burt Lancaster e Deborah Kerr causa escândalo e sua exibição quase é proibida por causa do célebre beijo da praia entre os dois atores.
  

      1954      
     

Em 5 de fevereiro, Chanel reabre sua maison em Paris, fechada em 1939 por causa da guerra

Em 24 de maio, a IBM (International Business Machines), empresa dos EUA, anuncia que fabricou um cérebro eletrônico projetado especificamente para uso em negócios.

No dia 24 de julho, a miss Brasil, a baiana Marta Rocha, não consegue o título de miss Universo, por ter duas polegadas a mais nos quadris

Mao Tse-tung é reeleito para outro mandato de quatro anos como presidente da República Popular da China, no dia 27 de setembro

Ernest Hemingway ganha o Prêmio Nobel de Literatura em 10 de dezembro. Entre suas obras, destacam-se "Adeus às Armas (1929), "Por Quem os Sinos Dobram" (1940) e "O Velho e o Mar" (1952), que lhe rendeu, em 1953, o Prêmio Pulitzer

Astrônomos anunciam, em 27 de dezembro, que a observação de 800 galáxias mostra que o Universo nasceu de uma gigantesca explosão cósmica - chamada de Big Bang -, que teria ocorrido há 5,5 bilhões de anos
Marta Rocha

      1955      
     
Em 14 de maio, as nações do bloco oriental firmam o Pacto de Varsóvia, que as unifica militarmente

No dia 31 de maio, a Suprema Corte norte-americana determina aos Estados o fim da segregação racial

Em 3 de outubro, Juscelino Kubitschek é eleito presidente do Brasil

Em 26 de novembro, a então União Soviética, confirma que possui a bomba de hidrogênio

Neste ano, a indústria japonesa Sony lança o primeiro rádio portátil transistorizado produzido em massa

Estréia o filme "Juventude Transviada", com James Dean, que se torna o símbolo de rebeldia dos anos 50
JK

      1956      
     
Em 1º de fevereiro, o presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek, expõe, em seu primeiro dia de governo, um plano desenvolvimentista em que promete fazer o país avançar "50 anos em 5"

Em 22 de março, o reverendo Martin Luther King Jr. é considerado culpado dos boicotes ao serviço de ônibus de Montgomery, Alabama, nos EUA

Elvis Presley bate recorde de audiência em sua apresentação na TV, em 9 de setembro

     
      1957      
  
Em 16 de fevereiro, o prefeito de São Paulo, Jânio Quadros, proíbe o rock and roll nos bailes

Em 27 de julho, Pelé estréia na seleção brasileira com 16 anos e marca o único gol na derrota para a Argentina por 2 a 1

A então União Soviética anuncia, em 4 de outubro, que lançou com sucesso em órbita ao redor da Terra o primeiro satélite fabricado pelo homem, o Sputinik 1

A então União Soviética lança, no dia 3 de novembro, seu segundo satélite espacial, desta vez tripulado por uma cadela chamada Laika

Albert Camus recebe o Prêmio Nobel de literatura no dia 10 de dezembro. Entre suas obras, destacam-se "O Estrangeiro"(1942) e a peça "Calígula"(1948)

Em 19 de dezembro, a Otan aprova a presença de armas atômicas dos EUA na Europa, incluindo mísseis de alcance intermediário

O livro "Na Estrada", de Jack Kerouac, faz sucesso e marca a chamada geração beat. O beatniks falam no ritmo e na linguagem do jazz e detestam a obsessão da classe média por objetos e pela harmonia. Os poetas Allen Ginsberg e Lawrence Ferlinghetti são alguns dos representantes dessa nova tendência
Jânio Quaros

     

Fidel Castro

      1958      
     
Em 10 de julho, a Odeon lança um disco de João Gilberto com as músicas "Chega de Saudade", de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, e "Bim-Bom", do próprio João. A forma intimista de cantar, o arranjo econômico e os acordes dissonantes e saltos melódicos das músicas, surpreendem e vem modificar todo o cenário musical da época. É o início da bossa nova

Em 17 de setembro,o líder guerrilheiro Fidel Castro lança prometida ofensiva contra as tropas do governo Batista em Cuba

Em 31 de outubro, o escritor Bóris Pasternak recusa o Prêmio Nobel de literatura. Existem rumores de que ele tenha sido pressionado pelo governo soviético, já que seu romance "Doutor Jivago", centrado na Revolução Russa, critica os ideais soviéticos

Nesse ano, uma grande epidemia de graves deformações congênitas é atribuída à talidomida, um remédio vendido na Europa como pílula para dormir e tratamento contra o enjôo matinal durante a gravidez

     

      1959      
     
No dia 16 de janeiro, as forças do revolucionário Fidel Castro conquistam Cuba

Em março, a boneca Barbie é apresentada oficialmente na Feira do Brinquedo de Nova York. Criada pela Mattel norte-americana, ela sempre acompanhou as mudanças de comportamento e da moda. A Barbie é a boneca mais vendida no mundo atualmente

No dia 13 de abril, o para João 23 proíbe os católicos de votar em comunistas

Em 4 de julho, a tenista brasileira Maria Ester Bueno, de apenas 19 anos, torna-se a primeira sul-americana a vencer o tradicional torneio de tênis de Wimbledon, na Inglaterra

No dia 18 de julho, Fidel Castro depõe Urrutia e torna-se presidente de Cuba

A Nasa é criada em 29 de julho, por uma lei que dá milhões de dólares ao programa espacial

Em 14 de setembro, os soviéticos lançam a primeira nave espacial já construída a realizar uma viagem à Lua, a Lunik 2

Com nome e sobrenome: Barbara Millicent Roberts (!)


  •    Inté e Save Ferris

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Anos 40 - Enfim, esperança

Aloha!


Sangue e dor ainda marcam a década de 40, mas o fim da II Guerra Mundial traz uma nova esperaça.
A seguir, no Good Times (não tão
"good
" assim...) mais fatos importantes.



  • Nesta época, os conflitos armados que assolaram a década anterior chegam ao apogeu (holocausto, Pear  Harbor, Bombas Atômicas - mais detalhes: última postagem do Good Times - anos 30), mas têm, também, seu fim. 

  • Nã há como não mensionar o assassinato de Ghandi por Nathuram Godse, um ativista de extrema-direita.
 Mal o avistaram, cercaram-no. Vinham de longe para ver o Mahatma, "a grande alma", o homem santo que os havia libertado de dois séculos de domínio britânico. Em meio ao tumulto respeitoso, num repente, espocaram três tiros. Gandhi encolheu-se no chão, baleado por uma mão que empunhara uma Beretta. As suas roupas, tecidas por ele mesmo na sua roca de fiar, mancharam-se de sangue. Os gritos da multidão comovida e indignada misturaram-se aos seus fracos e derradeiros gemidos. O apóstolo da satyagraha, a não-violência, fora executado a bala.
 "Gandhi alardeava de que a Partição (da Índia) só ocorreria sobre o seu cadáver. Assim quando ele não morreu depois da Partição, nós o matamos".Gopal Godse, irmão do assassino de Gandhi
          Gandhi: a Morte do Mahatma 
           www.educaterra.terra.br

"Não há deus maior que a verdade"

  •  Nos anos 40 é criado o primeiro computador da hstória, o ENIAC (Electrical Numerical Integrator and Computer). Tão grande quanto o fato, eram suas "medidas": mais de 5 metros de altura, 25 metros de comprimentos e pesava incríveis 30 toneladas!!!!





  • chapéus criativos faziam literalmete a cabeça da mulherada. As meias finas deram lugar às pernas nuas. As saias eram mais curtas - e mais modernas - passaram a ter bolsos também! Os cabelos estavam mais longos. Era a antecipação da idéia da mulher dos anos 50 - mais moderna, feminina.
Reparen nos chapéus: quase engenhocas!


  •  O Getúlio Vargas, do Estado Novo, decreta as leis trabalhistas; é a década também dos memoráveis casssinos e das eternas vedetes.
O livro “As Grandes Vedetes do Brasil”, de Neyde Veziano, reune 41 biografias das maiores vedetes brasileiras

CRONOLOGIA
almanaque.folha.uol.com.br

1940      
     
Paris é ocupada pelos alemães no dia 14 de junho
 

O Grande Ditador
Carmen Miranda retorna aos Estados Unidos, em 3 de outubro, para iniciar uma carreira de 15 anos de sucesso, com 13 filmes, mais de 30 discos e incontáveis aparições em teatros, programas de rádio e televisão

Franklin Roosevelt é reeleito, em 5 de novembro, presidente dos Estados Unidos, pela terceira vez consecutiva

Nesse ano, estréia o último filme de Charles Chaplin, "O Grande Ditador", que faz uma crítica ao fascismo

     
      1941      
     
No mês de maio, estréia o filme "Cidadão Kane", criado e estrelado por Orson Welles

No dia 30 de junho, a Alemanha invade a URSS

Os Estados Unidos entram em guerra contra o Eixo fascista, após cerca de 360 caças japoneses terem destruído a base militar norte-americana de Pearl Harbor, deixando milhares de mortos e feridos, no dia 7 de dezembro

     
Pearl Habor

    1942      
     
O Brasil declara guerra aos países do Eixo - Alemanha, Itália e Japão -, no dia 22 de agosto

Em 21 de setembro, a Comissão de Informações Inter-Aliados informa que os nazistas já executaram 207.373 pessoas na Europa ocupada

 Nesse ano a Coca-Cola chega ao Brasil, junto com uma avalanche de produtos americanos e notícias de Hollywood

     
      1943      
     
Estréia o filme "Casablanca", clássico do cinema, com Humphrey Bogart e Ingrid Bergman

Em 6 de dezembro, os dirigentes das três maiores potências aliadas anunciam que chegaram a um acordo sobre a estratégia militar conjunta para derrotar a Alemanha


Estréia, em 29 de dezembro, a peça "Vestido de Noiva", de Nelson Rodrigues, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro

O filósofo existencialista francês Jean-Paul Sartre publica "O Ser e o Nada"

     
      1944      
     

Estréia em Paris, em 27 de maio, a peça "Entre Quatro Paredes", do filósofo Jean-Paul Sartre

No dia 6 de junho, começa ao amanhecer, a esperada invasão da Europa pelos aliados, conhecida como Dia D

A cidade de Paris é libertada pelos franceses, no dia 25 de agosto

É eleito, pela quarta vez consecutiva, Franklin Roosevelt, como presidente dos Estados Unidos

     
      1945      
     
No dia 27 de janeiro, soldados soviéticos entram no campo de concentração de Auschwitz, cidade industrial da Polônia, e libertam os cinco mil prisioneiros, a maioria judeus

Em 27 de março, 237 bonecas, devidamente vestidas pelos maiores nomes da moda parisiense, são apresentadas no Museu de Artes Decorativas, em Paris. O espetáculo reafirmava a existência da beleza da alta-costura francesa

Morre, no dia 12 de abril, o presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt.

Adolf Hitler, o dirigente máximo da Alemanha, suicida-se com um tiro, no dia 30 de abril

No dia 7 de maio, a Alemanha rende-se incondicionalmente

Em 26 de junho, representantes de 50 países assinam a Carta das Nações Unidas, formalizando a criação de um órgão internacional para garantir a paz mundial e incentivar a cooperação entre os países-membros

Em agosto, aviões norte-americanos lançam duas bombas atômicas nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, que ficaram arrasadas

No dia 2 de setembro, a guerra do pacífico termina oficialmente com a rendição incondicional do Japão

O presidente do Brasil, Getúlio Vargas, é deposto por tropas do Exército, em 30 de outubro e, em dezembro, o general Eurico Gaspar Dutra assume seu lugar


      



Bomba jogada na cidade de Hiroshima
"Milhões de espermatozóides e esse cara tinha que ser o mais rápido"
 
      1946      
     

É promulgada, em 10 de setembro, a nova Constituição brasileira, substituindo a autoritária Carta de 1937, imposta por Getúlio Vargas para instituir o regime do Estado Novo

Em setembro, acontece, na Riviera Francesa, o primeiro Festival de Cinema de Cannes


No dia 2 de outubro, cientistas reunidos num simpósio na Universidade de Buffalo, nos EUA, alertam para a possibilidade de o cigarro provocar câncer de pulmão

 No Brasil, as publicações literárias de maior destaque do período são "Seara Vermelha", sétimo livro de Jorge Amado, e "O Lustre", segundo romance de Clarice Lispector

É declarada, oficialmente pelo presidente Truman, dos EUA, o fim da Segunda Guerra Mundial, em 31 de dezembro

     
      1947      
     
   

Em 12 de fevereiro, Christian Dior apresenta, em sua primeira coleção, o que    viria a ser chamado de "New Look". Cintura e seios marcados e uma ampla saia rodada, um estilo que viria se tornar o uniforme dos anos 50

Em 5 de junho, o secretário de Estado dos Estados Unidos, George Marshal, anuncia um ambicioso plano para a recuperação econômica da Europa.

O Masp (Museu de Arte Moderna de São Paulo) é inaugurado, em 12 de outubro, na sede dos "Diários Associados", no centro de São Paulo

No dia 14 de outubro, Chuck Yeager torna-se o primeiro homem a ultrapassar a velocidade do som, com o avião a jato Bell X-1


 

     
      1948      
     
Em 30 de janeiro, Gandhi, líder espiritual da independência da Índia, é assassinado por um extremista hindu

É criado, em 14 de maio, o Estado de Israel

 Em 10 de dezembro, a ONU (Organização das Nações Unidas) aprova a Declaração dos Direitos Humanos, documento que define as liberdades fundamentais
 

 
Em dezembro, o biólogo e zoólogo Alfred Kinsey, choca a sociedade norte-americana ao publicar "O Comportamento Sexual do Homem", ou "Relatório Kinsey"
Zoólogo especialista em abelhas, com mestrado em Harvard, Alfred Charles Kinsey decidiu fazer a primeira pesquisa científica sobre o comportamento sexual do homem norte-americano num tempo em que praticar sexo oral, ser homossexual ou ir para a cama antes do casamento podia dar cadeia. E, com seus levantamentos, concluiu e divulgou dados aterradores para aqueles tempos: 90% dos homens se masturbavam; 85% praticavam sexo antes do casamento; de 35% a 45% mantinham relações extraconjugais; 59% praticavam sexo oral; 70% transavam com prostitutas; 37% tinham tido pelo menos uma experiência homossexual satisfatória e 17% dos garotos de áreas rurais haviam praticado sexo com animais. O pioneiro estudo afirmava ainda que o homem médio atingia o pico de sua virilidade aos 16 ou 17 anos - depois já começava o declínio - e que quem se iniciava mais cedo continuava potente por mais tempo. revistacriativa.globo.com

     
      1949      

Em 18 de março, os Estados Unidos e os países da Europa Ocidental revelam seus planos de formar uma aliança de defesa contra a URSS - a Otan (Organização doo Atlântico Norte)



O primeiro avião a jato de linha comercial, o Havilland Comet, faz o seu vôo inaugural na Inglaterra, em 27 de julho














A RCA anuncia, em 25 de agosto, a invenção do sistema de transmissão de televisão colorida

Em 1º de outubro, multidões comemoram a proclamação da República Popular da China pelo líder comunista Mao Tse-Tung


 

Em 3 de novembro, o jazz do trompetista Louis Armstrong e sua banda encantam o público francês

Em dezembro, a cantora paulista Marlene vence o concurso para a escolha da rainha do rádio do Brasil




Inté e Save Ferris

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Anos 30: "A década sangrenta"

Aloha !


Os principais fatos da década de 30 envolveram muito derramamento de sangue, por isso é considerada "a década mais sangrenta da história"


Eis a seguir alguns fatos:

NAZISMO
O nazismo pregou, entre outras coisas, o extremo nacionalismo, chegando a ponto de se odiar outras pessoas pelo simples fato de não serem alemães. E um dos principais alvos dessa repressão, diria, foram os judeus. Isso por que o Tratado de Versalhes era, para os alemãs, humilhados e devastados pela Primeira Guerra Mundial, uma conspiração de judeus e comunistas. Os nazista chegaram ao poder em 1933 - e até a queda de Hitler, contam-se cerca de 6 milhões de mortos (somente judeus. Contando os demais perseguidos - negros, homossexuais, ciganos, comunistas entre outros - os números podem chegar à assombrante marca de 150 milhões de pessoas)


II GUERRA MUNDIAL

Um conflito desta magnitude não começa sem importantes causas ou motivos. Podemos dizer que vários fatores influenciaram o início deste conflito. Um dos mais importantes motivos foi o surgimento, na década de 1930, na Europa, de governos totalitários com fortes objetivos militaristas e expansionistas. Na Alemanha surgiu o nazismo, que desrespeitava a condição de não-ataque imposta pelo Tratado de Versalhes.
O marco inicial ocorreu no ano de 1939, quando o exército alemão invadiu a Polônia. De imediato, a França e a Inglaterra declararam guerra à Alemanha. De acordo com a política de alianças militares existentes na época, formaram-se dois grupos : Aliados (liderados por Inglaterra, URSS, França e Estados Unidos) e Eixo (Alemanha, Itália e Japão ).
(...)
Este importante e triste conflito terminou somente no ano de 1945 com a rendição da Alemanha e Itália. O Japão, último país a assinar o tratado de rendição, ainda sofreu um forte ataque dos Estados Unidos, que despejou bombas atômicas sobre as cidades de Hiroshima e Nagazaki. Uma ação desnecessária que provocou a morte de milhares de cidadãos japoneses inocentes, deixando um rastro de destruição nestas cidades.
(...)
Com o final do conflito, em 1945, foi criada a ONU ( Organização das Nações Unidas ), cujo objetivo principal seria a manutenção da paz entre as nações. Inicia-se também um período conhecido como Guerra Fria, colocando agora, em lados opostos, Estados Unidos e União Soviética. Uma disputa geopolítica entre o capitalismo norte-americano e o socialismo soviético, onde ambos países buscavam ampliar suas áreas de influência sem entrar em conflitos armados.

suapesquisa.com
Rosa de Hiroshima - poema de Vinícius de Moraes brilhantemente musicado por Ney Matogrosso

 BRASIL: A revolução de 30

Resumindo (mal e porcamente):
A crise de 29 ferrou total com a Primeira República e o então presidente Washington Luís "se viu obrigado" a indicar Júlio Prestes - outro paulista - para a sucessão presidencial. Um mineirin de nome Antônio Carlos Ribeiro de Andrada ficou puto com o desrespeito à (velha conhecida) Política do Café-com-Leite e para ferrar com São Paulo, apoia a candidatura de Getúlio Vargas. Prestes vence mas não leva. Entre outras coisas, o assassinato de João Pessoa, candidato a vice de Getúlio é considerado conspiração dos opositores e o "pai dos pobres (e mãe dos ricos...)", então, toma o pode.

CRONOLOGIA
Almanaque FOLHA

           1930

Em fevereiro, a atriz sueca Greta Garbo, pela primeira vez, exibe sua voz em um filme falado - "Ana Christie"

Estréia o filme "O Anjo Azul", em 1º de abril, dirigido por Josef von Sternberg e estrelado por Marlene Dietrich

É deposto, em 24 de outubro, o presidente do Brasil, Washington Luís

   
      1931    
     
No dia 8 de janeiro, o papa Pio 11 divulga uma encíclica, que condena qualquer forma de controle de natalidade e o divórcio

Em 20 de janeiro, a Alemanha e a Inglaterra são os países mais afetados pelo desemprego na Europa. Cerca de 2,5 milhões de ingleses e quase cinco milhões de alemães estão fora do mercado de trabalho
O edifício Empire State, em Nova York, nos EUA

Em 1º de maio, é inaugurado em Nova York, o "Empire State", a construção mais alta do mundo

Empire State na clássica cena de King Kong
   
      1932    
     
Em 20 de março, o dirigível Graf Zeppelin faz seu primeiro vôo comercial regular para a América do Sul

Em julho, o ex-recordista de natação, Johnny Weissmuller, torna-se personagem principal do filme "Tarzan"

É eleito, em 8 de novembro, como presidente dos Estados Unidos, pelo Partido Democrata, Franklin Delano Roosevelt

   
      1933    
     
Em 30 de janeiro, Hitler é nomeado chanceler alemão

Em março, o filme "King Kong", de Merian Cooper, leva às telas o que há de mais moderno em tecnologia de efeitos especiais.

A sindicalização bate recorde nos Estados Unidos, em 1º de agosto.

Chega ao fim, em 5 de dezembro, a "Lei Seca" nos Estados Unidos, após 14 anos de proibição à venda de bebidas alcóolicas

Surge a camisa Lacoste, com talhe alongado e cavas folgadas, corte permitido pela flexibilidade da prática do esporte.

   
      1934    
     
O número de desempregados nos Estados Unidos chega a 10,8 milhões, em 15 de outubro

Em 10 de dezembro, Luigi Pirandello recebe o Nobel de literatura do ano. Sua obra de maior destaque é "Seis Personagens em Busca de um Autor", de 1921

Luigi Pirandello

   
      1935    
     


Em 21 de dezembro, o avião norte-americano DC-3, capaz de transportar 21 passageiros e atingir mais de 250 km por hora, faz seu vôo inaugural

As invenções do ano são o plástico e a película

O italiano Salvatore Ferragamo lança, em Florença, uma marca de sapatos que está na origem de um dos principais impérios do luxo italiano

   
      1936    
     
A revista norte-americana "Billboard" publica a primeira parada de sucessos musicais em 4 de janeiro

Em fevereiro, Charles Chaplin lança o seu filme "Tempos Modernos"

Em 31 de julho, a guerra civil já está espalhada por toda a Espanha.

O dramaturgo Eugene O'Neill ganha o prêmio Nobel de literatura em 10 de dezembro


   
      1937    
     
Em 16 de fevereiro, a du Pont obtém a patente de uma nova fibra sintética, o náilon. O novo material pode substituir a seda em vários produtos, como meias, com uma grande redução nos custos


No dia 27 de abril, centenas de pessoas são mortas em Guernica, capital basca, na Espanha, que foi bombardeada pelos alemães

O famoso dirigível alemão Heidenburg explode no ar em 6 de maio, matando 33 dos seus 97 passageiros e tripulantes

No dia 10 de novembro, o presidente do Brasil, Getúlio Vargas, apresenta ao país uma nova Constituição, que instaura o Estado Novo

Este ano estréia o primeiro longa em animação, "Branca de Neve e os Quatro Anões", de Walt Disney

Reflexo da crise econômica e social, a produção literária dessa época tem um tom pessimista, como "Dinheiro Graúdo", que completa a trilogia "USA", de John dos Passos e "To Have and Have Not", de Ernest Hemingway. No Brasil, Jorge Amado publica "Capitães de Areia".
dirigível  Heidenburg

   
      1938    
     
Em 1º de janeiro, o desemprego atinge 10 milhões de pessoas nos Estados Unidos

A primeira exposição internacional de arte surrealista é aberta em 17 de janeiro, em Paris

Em 29 de outubro, supostos alienígenas de Marte espalham pânico pelos Estados Unidos, durante a transmissão radiofônica de "A Guerra dos Mundos", em programa apresentado por Orson Welles

A estilista Elsa Schiaparelli lança o perfume "Shocking", cujo frasco tem a forma do busto de Mae West

   
      1939    
     

Em 28 de março, Franco conquista Madri e a guerra espanhola chega ao fim

Em 18 de agosto, estréia o filme "O Mágico de Oz", com a atriz Judy Garland

Estréia, em 15 de dezembro, o filme "...E o Vento Levou", com o astro Clark Gable e a inglesa Vivien Leigh

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Loucos Anos 20

Aloha!


Carinhosamente apelidada de "Loucos Anos 20", esta boêmia  década que trouxe ao mundo objetos de desejo, movimentos culturais e figurinhas televisivas, ainda hoje encanta - seja pelo glamuor dos buás e dos cigarretes ou por eventos que mudam não só as estruturas do Brasil, como abalaram todo o mundo.





Quem não se lembra - dos livros, claro - da "barulhenta" Semana de Arte Moderna? Os sete dias do evento-chave para uma forma de expressão naturalmente brasileira reverberam até hoje. Quem sabe se você, little girl, poderia usar o decote que-você-não-vive-sem pelas ruas se Pagu não tivesse mostrado ao povo paulista que não se tratava de atentado ao pudor, nada de mais. Sim, Pagu, que já tema do "meu, do seu, do nosso" Good Times, já era bullyinada há mais de 80!!! Mas se você leu o texto "Pagu, a porra-louca", deve lembrar que ela não teve, ao menos não diretamente, participação no evento.



 Participaram desse movimento os seguintes artistas: Anita Malfatti, Di Cavalcanti, John Graz, Alberto Martins Ribeiro,Oswaldo Goeldi, com pinturas e desenhos; Victor Brecheret, Hildegardo Leão Velloso e Wilhelm Haarberg, com esculturas; Antonio Garcia Moya e Georg Przyrembel, com projetos de arquitetura; os escritores Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Menotti del Picchia, Sérgio Milliet, Plínio Salgado, Manuel Bandeira, Ronald de Carvalho, Álvaro Moreira, Renato de Almeida, Ribeiro Couto e Guilherme de Almeida; além de nomes já consagrados na música, como Heitor Villa-Lobos, Guiomar Novais, Ernâni Braga e Frutuoso Viana; entre vários outros artistas e intelectuais que vieram a tomar parte no movimento cultural que ali se iniciou.
 Eis aqui obras de alguns deles:
Quintinio Bocaiúva, jornalista. Por  Hildegardo Leão Velloso 
 
Tropical, de Anita Malfatti












Projeto de Residência.Por Antonio Garcia Moya
Mário e Oswald de Andrade













Heitor Villa-Lobos


As roupas e penteados eram um show à parte! A chamadas melindrosas - as moderninhas da época - imitavam no que podiam os astros Hollywoodianos (lembra do American Way of Life?)

Livre dos espartilhos, usados até o final do século 19, a mulher começava a ter mais liberdade e já se permitia mostrar as pernas, o colo e usar maquilagem. A boca era carmim, pintada para parecer um arco de cupido ou um coração; os olhos eram bem marcados, as sobrancelhas tiradas e delineadas a lápis; a pele era branca, o que acentuava os tons escuros da maquilagem. CLAUDIA GARCIA http://almanaque.folha.uol.com.br/anos20.htm
 O esteriótipo melindrona incluía silhueta reta - nada de cursas - e vestidos curtos mas elegantes (os costa-nua eram sensação...). Channel ditava as regras, dos blazers aos cortes curtos.

A atriz Clara Bow exibe o penteado  La Garçonne, cortado à altura da orelha.
pinupsfrombrazil.blogspot.com






















A década de 20 deu à luz à muita coisa:
  • Em 1923, é criada a primeira emissora de rádio do país, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro;
  • Picasso vinha a público com seu surrealismo pela primeira vez em 1925;
  • Cinema falado;
  • Falando nisso, como não citar clássicos como O Encouraçado Potekim de Sergei Eisenstein e Em Busca do Ouro do eterno "Vagabundo" Chaplin, ambos de 1925.
  • Pixinguinha "et al" inventa o chorinho;
  •  Até Popeye deu o ar de sua graça pela primeira evz na década de 20.




Roquete Pinto e sua Rádio Sociedade do Rio de Janeiro
Guernica expressa bem o surrealismo de Picasso




O famoso marinheiro foi criado em 1929.

O Cantor de Jazz, de 1927( provavel 1º filme falado)
23/Abril   

1929: superprodução e desenprego em massa
Entretando, toda esta euforia teria um fim trágicamente súbito.
No início da década, a Inglaterra ainda era a bam-bam-bam do mundo. Ainda. Porque a mesa virou - e feio - em 1929 com o famoso, porém doído, Crash da Bolsa de Valores de Nova York (o tal evento que abalou o mundo, causando mais que falências, suicídios dos que "perderam tudo"). Alías, a toda a Europa sofreu muito
com essa queda, principalmente os países envolvidos na Primeira Guerra Mundial, vencedores e perdedores (lembrem-se do que já disse Humberto Gessinger, "...no fim da guerra todos perdem ") e os que viveram regimes totalitaristas, como Itália, Portugal e, claro, Alemanha.



Bem, é isso...

O que começou tão bem, terminou desse jeito.
Parece novela, mas foram os anos 20.
Tão loucos, que experimentaram com intensidade sem presendentes os dois lados da moeda!




Inté e (excepcionalmente, em homenagem ao 21 anos sem nosso eterno exagerado) Save ZUZA!